Governo fará recall de serviços digitais como o eSocial

A secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia lançou uma chamada de voluntários a fim de testarem serviços do portal como eSocial e Carteira de Trânsito.

Insatisfeito com os resultados dos serviços digitais colocados à disposição da população, o governo fará uma espécie de recall em todo o sistema.

Para isso, Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia lançou uma chamada de voluntários a fim de testarem o portal gov.br, os serviços do eSocial e a carteira digital de trânsito. Quem quiser participar deve entrar em contato pelo atendimento@portal.gov.br.

Com o recall, o governo pretende eliminar barreiras enfrentadas pelos usuários, desde o acesso online e a realização de seu pedido, até o acompanhamento da demanda e da solução.

eSocial

No caso do eSocial, Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, os testes possibilitaram uma série de ajustes. O projeto prevê a unificação do envio de informações pelos empregadores a respeito de empregados domésticos, jardineiros, caseiros, cuidadores de idosos, por exemplo.

O sistema passou por uma etapa de simplificação e agora é foco da chamada dos voluntários. Os testes estão previstos para o período de 2 a 6 de março.

Uma das primeiras voluntárias participantes do recall, a bancária Marília Rodrigues, 37 anos, aprovou a iniciativa. “Uma coisa é eu estar em um banco e testar serviços com um grupo de 500 pessoas. Outra é o governo federal lançar um portal e nos chamar para avaliar. Achei uma inovação e tanto”, diz.

Carteira de trânsito

Na chamada para o recall, é grande a expectativa em relação à carteira digital de trânsito, digitalizada desde novembro de 2019 e que já dispõe de 5 milhões de usuários com o QRcode.

“Achei excelente a iniciativa, pois permite que a população opine sobre os serviços do governo. Há um desconhecimento sobre o que a internet nos permite fazer, como retirar certificados e documentos”, afirma a empresária Juliana Ribeiro de Alencar, 42, de Brasília.

Serviços pelo celular

Segundo o Ministério da Economia, atualmente, 54% dos serviços do governo federal são totalmente digitais: 1.807 ao todo. A meta é a transformação digital de 100% dos serviços até 2022.

O ministério informa que alguns serviços de forte impacto entre a população já são obtidos em algumas horas, sem sair de casa, no computador ou celular. É o caso da carteira de trabalho e do certificado internacional de vacinação e profilaxia.

Os serviços digitais são desenvolvidos e monitorados pelo Departamento de Experiência do Usuário de Serviços Públicos da Secretaria de Governo Digital. Cada tipo de serviço público demanda uma metodologia diferente de pesquisa, afirma o diretor do departamento, Joelson Vellozo Júnior.

“O usuário é o maior especialista no serviço público. Quando o gestor tem o conhecimento do que chamamos ‘as dores do usuário’, é possível priorizar aquilo que mais importa para quem está usando o serviço”, ressalta Velloso Júnior.

Fonte: Correio Braziliense


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *